segunda-feira, 9 de julho de 2018

VILA FRANCA: TOUREIROS DE BARBA RIJA!


Por: Catarina Bexiga

Valeu a Entrega. Valeu a Atitude. Valeu a Emoção! Motivo mais que suficiente para que esta tarde de Domingo de Colete Encarnado tivesse interesse para o Aficionado. O curro de Palha (sério de apresentação) foi exigente, mas foi essa exigência que fez com que os toureiros se quisessem superar. Ninguém afastou os olhos da arena, porque houve seriedade, houve emoção! São tardes como esta que a Festa de Toiros (e nós Aficionados) precisa mais vezes…

À lide a duo, com que arrancou a tarde, Luís Rouxinol e Francisco Palha imprimiram dinâmica e aqueceram de imediato as bancadas. Depois a sós, montado no “Douro”, a actuação de Rouxinol teve, acima de tudo, vibração, com destaque para o terceiro curto. Montado no “Rocalito”, a actuação de Francisco Palha teve, essencialmente, emoção. Palha procurou colocar em prática um conceito que lhe é característico, colocando o toiro fechado em tábuas e arriscando...; a parte final foi a mais empolgante, com dois bons ferros. No entanto, o toiro tinha quase 6 anos e não lhe perdoou o “atrevimento”… ao quinto curto foi colhido, felizmente, sem consequências.

Pelos Amadores de Vila Franca pegaram um valentíssimo Francisco Faria à terceira (a dobrar Rui Godinho), um grande Bruno Tavares à primeira (boa 1.ª ajuda) e um enorme David Moreira à segunda. Forcados de barba rija!

A Pepe Moral tocou o lote com menos opções. O seu primeiro tinha nobreza, mas pouco recorrido. No entanto, o sevilhano teve ofício para lhe fazer a faena. O seu segundo (o mais feio dos quatro resenhados para pé) não teve classe, mas o toureiro também não acabou de o entender.

O vila-franquense Nuno Casquinha regressou à Palha Blanco por mérito próprio. E voltou a apresentar os mesmos argumentos que na passada Feira de Outubro. Sempre entregue. Sempre disposto a superar-se. Tocou-lhe o melhor lote, o primeiro teve um enraçado pitón esquerdo; e o segundo investiu humilhado e com recorrido. Em ambos os toiros, foi com la zurda que as bancadas explodiram de entusiasmo.

Uma tarde séria, com argumentos, com interesse, uma tarde para toureiros de barba rija!

Foto: João Silva / Sol e Sombra